Como tudo começou

Sempre tive um espírito viajante e por isso amo conhecer novos lugares, culturas e pessoas. Em 2013, aos 15 anos, comecei minha vida como intercambista. Inicialmente pedi aos meus pais para passar as férias de Julho em Cambridge, na Inglaterra, com minha melhor amiga. E pela primeira vez na vida me senti “dona de mim mesma”. Me senti segura em sair pelas ruas, não só de Cambridge, mas também nas famosas e movimentadas ruas de Londres, aprendi a me virar sem ter “papai e mamãe” para decidirem tudo por mim. Lembro-me bem de um final de semana em que eu e minhas amigas pegamos o mapa da cidade, horários do metrô/trem, e num domingo, fugimos para Londres, já que o colégio não permitia que menores de 18 anos viajassem sem a presença de um adulto, e deu tudo tão certo, que repetimos a dose de felicidade no outro final de semana. E foi essa felicidade, em poder tomar minhas próprias decisões, de ir para um lugar novo, me aventurar com mais 4 amigas conhecendo cada canto da cidade, dormir em uma casa até então desconhecida e em 4 semanas torná-la um local onde vivi uma das melhores épocas da minha vida, que fez esse intercâmbio apenas aumentar minha vontade de viver novas experiências.

Foi difícil convencer meus pais a me deixarem fazer um intercâmbio de 6 meses, e mesmo quando convenci, ainda tive que resolver tudo nos limites deles, já que, principalmente meu pai, fazia questão que eu ficasse em colégio interno ou pelo menos em uma casa de família que algum amigo meu tivesse morado antes. Como meu sonho era fazer intercâmbio nos Estados Unidos, não demorou muito pra eu achar uma escola interna em Coconut Creek, a 40 minutos de Miami, que agradou meus pais pela relativa praticidade de ir ao meu encontro caso precisasse, já que de Recife para Miami é “um pulo”. Então no primeiro semestre de 2014, realizei o sonho de viver toda aquela experiência de filme americano, com os grupinhos nas mesas do almoço, jogos de football, valentine’s day, prom e mais. Prestes a voltar para o Brasil, decidi que queria fazer outro intercâmbio, viver outra experiência. Foi quando pedi para os meus pais para ir para a Inglaterra no segundo semestre. O empurrãozinho extra que precisei para convencê-los veio com meu desempenho na escola. Então em questão de semanas, estava tudo resolvido. Passei os melhores meses da minha vida em Oxford. E é sobre a Inglaterra que vocês vão se cansar de ler.

Após passar o ano de 2014 estudando fora, mudei de uma forma inimaginável e vivi experiências inesquecíveis. E o melhor jeito que eu arranjei de amenizar a saudade que eu sinto foi compartilhando minhas histórias. Quem me conhece sabe que eu adoro falar/escrever, e basta me perguntarem uma coisinha, que eu passo horas e horas falando sem parar. Por isso resolvi criar o blog, para dar dicas, contar histórias, tirar dúvidas, compartilhar fotos e lembranças.

Processed with VSCOcam with b1 preset

Todo mundo tem um lugarzinho preferido no mundo, aquele que ao escutar o nome te faz pensar em vários momentos bons e te faz querer voltar. O meu é a Inglaterra, e o seu?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s