The next stop is: Recife Antigo

Oi gente,

Nessas férias recebi uma visita muito especial de duas amigas, @Dudapg lá de Gramado, que conheci no intercâmbio dos EUA, e a carioca @Majubonorino, que conheci na Inglaterra.

Nesses 13 dias que passamos juntas, baixou o espírito de guia turística em mim -que de guia não tenho nada- e lá fomos nós turistar por Recife, Olinda e Porto de Galinhas (aguardem mais nos próximos posts). Sendo sincera, apesar de sempre ter morado em Recife e de já ter ido algumas -muitas- vezes ao Recife Antigo, foi a primeira vez que estive la na vibe de carnaval: pessoas fantasiadas, ruas movimentadas, bares com cadeiras e mesas na rua com direito a música ao vivo, e claro, comerciantes ambulantes com seus acessórios carnavalescos dando ainda mais cor a cidade.

IMG_3844.JPG

Lugares onde você não pode deixar de dar uma passadinha nesse carnaval:

1.Marco Zero

O Marco Zero ganha um palco e vários dias de festa. Restaurantes próximos aproveitam para investir em estrutura para vender como camarote, e garantem que lá a festa só acaba depois do carnaval.

 

A-MARCO-ZERO-1

marco-zero

Têm muitas opções de restaurantes/bares/cafés próximos ao tão famoso ponto turístico. Entre eles: Bar da Devassa (de longe, meu preferido), Seu Boteco, Boteco, Fri Sabor, Go temakeria, São Braz e mais…

2. Bodega do Velho, na Rua da Moeda

Estávamos passeando próximo ao shopping Paço da Alfândega, quando resolvemos entrar na livraria Cultura (que é parada obrigatória para os amantes de livros; a livraria é gigantesca e de enlouquecer). Saindo de lá, seguindo instruções da minha mãe, fomos seguindo o “som” da rua, até que nos encontramos com meus pais num barzinho chamado Bodega do Velho, que fica logo atrás do Shopping. Minha mãe disse que ele é super conhecido em Olinda, mas foi a primeira vez que fomos no do Recife Antigo.

O lugar é muito massa, cheio de mesinhas no lado de fora, cerveja -segundo meu pai- muito gelada, e pra completar ainda tinha música ao vivo. Não demorou muito pra alguns se levantarem e arriscarem um samba, até eu tentei! Não satisfeita, e apaixonada pela vibe carnavalesca do Recife Antigo, fui descendo a Rua da Moeda (onde se encontra o bar) com minhas amigas, e percebemos que se trata de uma rua cheia de barzinhos, um do lado do outro. Sem mencionar que a rua tava toda enfeitada com fitinhas coloridas, e me deparei com algumas pessoas já fantasiadas, por isso, não resisti comprar umas tiaras coloridas pra entrar no clima também.

IMG_3697

IMG_3700.JPG

IMG_3760.JPG

Bodega do velho, ou a Rua da Moeda, foi definitivamente um dos meus lugares preferidos, com uma animação e clima carnavalesco que eu nunca tinha vivenciado antes!

3. #PorAí

Então, esse último lugar, nós achamos quando estávamos voltando para Boa Viagem saindo da Bodega do Velho, por isso não sei dizer onde fica exatamente.

Chegando nessa rua, na qual de longe dava para ver uma aglomeração de pessoas e uma música muito alta, nos falaram que se tratava de um ensaio para algum bloco. Foi uma experiência única. A animação dos gringos que estavam curtindo o som, dos nativos que olhavam aquilo com tanta naturalidade mas ao mesmo tempo com tanto orgulho, e de pessoas como eu, que apesar de morar numa cidade que tem um dos carnavais mais conhecidos do Brasil, nunca tinha visto essa “energia” de perto.

IMG_3732

IMG_3726.JPG

4. Museu Cais do Sertão

Achei muito genial esse museu. É muito bonito por dentro, e conta minunciosamente detalhes sobre a cultura do Sertão, o que inclui várias obras de Luiz Gonzaga. Por ser um museu interativo, deixa tudo ainda mais interessante. Jogos, salas de karaokê, sala com instrumentos musicais e muito mais! Vale a pena visitar.

Informações básicas: a entrada na quinta-feira é de graça. Nos outros dias, o ingresso custa R$ 10 (inteira) e o horário segue das 11h às 17h.

Ps: perdi todas minhas fotos no museu, mas peguei umas aqui no google pra mostrar pra vocês!

museu-cais-do-sertao1

cais

Espero que tenham gostado,

Bom carnaval a todos!!

Anúncios

O anônimo mais conhecido do mundo

 Banksy é um famoso e misterioso grafiteiro que começou ainda adolescente, na sua cidade natal, Bristol, e em pouco tempo ganhou fama e virou queridinho da Inglaterra. Sua arte, com caráter político e crítico ao capitalismo, deu cor as ruas e gera muita polêmica até hoje. Suas obras valem caro e muito artistas famosos como Christina Aguilera pagaram altos valores para adquirirem uma.

2014.04-Banksy-0015-Edit

  • 4 de suas obras podem ser observadas no museu Victoria & Albert, em Londres.
  • Exit Through the Gift Shop, dirigido por Banksy, foi indicado ao Oscar de melhor documentário em 2011.

Apesar de ganhar muitos fãs, ele foi também muito criticado pelos que consideravam seu trabalho um ato de vandalismo, tendo até mesmo uma de suas artes “apagadas” com tinta preta. Alguns dizem que chegou a contar com a ajuda de cerca de 10 pessoas que o acobertavam para não ser pego pela polícia.

71303465-1680x1050
Uma de suas mais famosas obras

Banksy,

banksy__1273933375_0008

banksy-1

banksy-napalm-print

BhchDtlCIAALalT

No-Future-Girl-Balloon-by-Banksy

Fiquei bastante impressionada quando meu professor de Sociologia me mostrou suas artes. Genial, acho que foi tudo que se passou pela minha mente na hora. E entre uma fotografia e outra, ele falou “O grafiteiro é de Bristol, Inglaterra”, fiquei me matando por não ter visitado a cidade e ter visto de perto algumas de suas artes. Porém, oportunidades não faltarão. E fica a dica para quem está com viagem marcada para a Inglaterra, se você é fã de grafites, não deixe de ir no museu Victoria & Albert em Londres e claro, não deixe de visitar Bristol.